Você é o jardineiro da sua vida

Cada criatura viverá daquilo que cultiva.

Você já pensou que é o jardineiro da própria vida? Que colheremos as flores e os espinhos que cultivarmos?

Como disse Willian Shakespeare, “O meu corpo é um jardim, a minha vontade o seu jardineiro”

Vejamos, o jardineiro tem como grande missão cuidar do seu jardim, para que este possa oferecer para o mundo todo o seu potencial, sendo fonte de beleza e energia. Do mesmo modo, todos nós seres humanos, nascemos com um corpo e uma personalidade que nos possibilitam viver, e a isso poderíamos dar o nome de nosso “jardim”. Ao longo da vida, devemos cuidá-lo e podá-lo, para que possamos oferecer para o mundo todo o nosso potencial, sendo fonte de Amor e de Inspiração para os demais.

A nossa grande missão, assim como a do jardineiro, é cuidar dessa semente para que ela brote e dê seus frutos. Afinal, esse é o grande objetivo do ser humano, cultivar dentro de si e expressar na vida valores próprios do Homem de Bem.

O jardineiro precisa todos os dias regar, dar carinho, dar atenção, podar e limpar o seu jardim para que ele cresça saudável. Além de ter que ficar muito atento às ervas daninhas que podem atacar, e caso elas apareçam, ele deve cortá-las pela raiz, sem dar chance para que elas se alastrem novamente.

Nós também, regar, dar carinho e atenção é apenas uma parte do trabalho, pois também precisamos tomar cuidado com as ervas daninhas, que seria tudo que atrapalha o homem a expressar o seu potencial humano, ou seja, tudo que impede o crescimento da sementinha seria um “mal”. Por isso, o nosso trabalho é muito difícil e requer uma dupla atenção, pois as “ervas daninhas” podem prejudicar o nosso jardim, brotando plantas venenosas tanto dentro de nós mesmos, quanto podem vir, sorrateiramente, de fora, e se instalarem nele.

E o nosso desafio maior consiste em criarmos um ambiente propício para que a nossa sementinha se desenvolva, cresça e dê frutos. Para isso, precisamos, ao longo da vida, moldar essa nossa personalidade de modo que as suas características não atrapalhem no florescimento de todo potencial humano que existe dentro de nós.

A responsabilidade pelo crescimento ou não dessa semente é toda nossa, não devemos culpar o outro se a sua semente não brota.

O homem encontrará a sua verdadeira felicidade quando fizer brotar a sua semente humana, colocando-a a serviço de toda a humanidade. Quando ele se aproximar um pouco mais do Bem, da Justiça, da Beleza, da Generosidade, da Inteligência, do Amor, encontrará a felicidade.

Só através do florescimento dessa semente em cada um de nós é que será possível transformar a humanidade. Se cada pessoa se compromete em desenvolver a sua semente, com certeza, teremos um mundo mais humano e fraterno. Para mudar o mundo precisamos mudar a nós mesmos, sem isso não conseguiremos

Fonte:

https://www.feedobem.com/single-post/2019/01/16/Todos-N%C3%B3s-Somos-Jardineiros

https://www.ibccoaching.com.br/portal/comportamento/voce-jardineiro-vida/

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *