Paz interior

“Ninguém usufrui de paz quando não compreende. Ninguém pode oferecer paz ao mundo, se não a desenvolve no próprio âmago, no próprio mundo íntimo” (Trecho retirado do livro “A Carta Magna da Paz”)

Todos os seres humanos desejam e anseiam a paz.

Paz interior que promova a felicidade própria em qualquer lugar onde esteja ou em qualquer situação em que se encontre a criatura humana.

Paz mundial gerada pelo entendimento e fraternidade entre todas as nações, facultando progresso ao planeta Terra e alegrias aos seus habitantes. Entretanto, e apesar de já existir a conscientização sobre a necessidade da paz, o cenário mundial se mostra carregado de guerras e envolvido em conflitos de toda ordem.

Emmanuel nos lembra: “Há muita gente que busca a paz; raras pessoas, porém, tentam segui-la.” Eis a dificuldade: seguir o caminho da paz.

E por que é tão difícil seguir o verdadeiro caminho da paz?

Chico Xavier mostra-nos com clareza onde está a diferença: “A paz em nós não resulta de circunstâncias externas e, sim, da nossa tranquilidade de consciência no dever cumprido.” Tudo gira em torno disto: o mundo não nos pode dar a paz, porque, antes de qualquer coisa, ela significa conquista interior. É o indivíduo que dá paz ao mundo, construindo-a dentro do coração através do dever retamente cumprido.

A paz é passível de construção, de nossa construção, diga-se de passagem, como, por exemplo, com a mudança de nosso comportamento, de nossa postura, com a ampliação de nossa consciência, com o nosso melhor e cada vez mais esclarecido entendimento, com a nossa verdadeira vontade de alcançá-la, quanto possível, devagarinho, a pouco e pouco, tal como ocorre com qualquer conquista, visto que nem mesmo a Natureza dá saltos.

Façamos uma experiência: comecemos por tratar os integrantes de nossa própria família com mais respeito, atenção, carinho, gentileza e principalmente com mais amor na mente e no coração. Procuremos fazer em casa, em termos de tratamento, o que costumamos fazer com os outros fora de casa. A diferença será gigante, para melhor, e para todos.

A paz interior é o seu maior tesouro.
Não deixe que a ansiedade venha rouba-lá,
nem permita que alguém a destrua.
Seja com atitudes ou comentários.
Seja você revestido da certeza,
de que a noite mais escura vai passar.


André Luiz

Fonte:

http://www.mundoespirita.com.br/?materia=a-paz-interior

http://folhaespirita.com.br/v2/node/562

https://www.febnet.org.br/wp-content/uploads/2012/11/Construamos-a-Paz-Livreto.pdf

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *