Livro de Agosto – Jesus de Nazaré

“[…] porque a letra mata, mas o espírito vivifica” (PAULO ? II Coríntios, 3:6).Ao longo do tempo, o Evangelho de Jesus tem sido interpretado sob diversos pontos de vista: de forma literal, alegórica ou simbólica e espiritual.Sem desmerecer a importância das abordagens intelectuais, o grande objetivo do homem deve ser interpretar a Boa-Nova, buscando vivenciar suas lições. O Divino Mestre utilizou-se das parábolas para ilustrar seus preceitos, legando à humanidade, por meio de poéticas comparações, um rico acervo de ensinamentos.Esta obra apresenta ao leitor uma abordagem espírita das parábolas, relatando os principais acontecimentos da trajetória do Cristo relatados pelos evangelistas e enriquecida por pertinentes comentários que nos levam a refletir sobre a personalidade única que é Jesus de Nazaré, Guia e Modelo da humanidade.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *